Ações disponíveis

Acções disponíveis ao leitor

Partilhar
 

O Phantasma

Detalhes do registo

Informação não tratada arquivisticamente.

Nível de descrição

Série Série

Código de referência

PT/MPTL/CJPTL/007

Tipo de título

Atribuído

Datas de produção

1892-01-10 A data é certa a 1901-09-20 A data é certa

Dimensão e suporte

21 jornais; digital

Extensões

5621 Megabyte

Produtor

Jornal "O Phantasma"

História administrativa/biográfica/familiar

Com "O Phantasma" nasce o primeiro periódico humorístico de Ponte de Lima da autoria de Alfredo Mâncio, seu proprietário e ilustrador, com a colaboração de Sebastião Sanhudo.

"O Phantasma" apresenta-se nas seguintes palavras no seu primeiro número de Janeiro de 1892:

"Expediente

Devido à pouca experiencia que temos, este número do «Phantasma» não sahiu como era do nosso desejo, esperemos comtudo melhora-lo no proximo numero.

Como ferventes apóstolos da liberdade, não nos deixaremos prender por meio d’assignaturas; não as temos nem mesmo as queremos.

Publica-se quando nos parecer que é preciso.

O preço do presente numero é 40 reis; pode alguem acha-lo excessivo, porem, o remedio está aquem de Roma …

Isto que védes é uma experiencia, conforme for a sua procura, será a sua tiragem e d’ahi o seu preço.

A Redacção".

Com periodicidade mensal desde o n.º 1 iniciado em 10 de Janeiro de 1892 até ao n.º 8. A partir do n.º 9 de 5 de Agosto de 1892, "O Phantasma" tem periodicidade quinzenal. A primeira série termina no n.º 20 a 18 de Março de 1895. O n.º 21 e último de "O Phantasma" teve lugar numa segunda série imperiódica. Este último número foi dedicado a Sebastião Sanhudo seu amigo e artista colaborador nos seus periódicos.

"O Phantasma" conheceu um número/ edição especial em Fevereiro de 1892 intitulado Charitas. Tem Alfredo Mâncio como director literário e artístico e tem, na primeira página, uma caricatura de Sebastião Sanhudo intitulada "Os carecas de Ponte de Lima".

A publicação deste periódico conheceu um interregno de mais de um ano entre o n.º 8 (1892) e o n.º 9 (1894), número a partir do qual a periodicidade passa a ser quinzenal e não mensal como tinha sido até aí.

Foi editor deste periódico a partir do seu n.º 10 de Agosto de1894, Abílio de Abreu Malheiro.

A impressão deste periódico deambulou por diversas tipografias. Umas limianas como a tipografia do jornal Lima, a tipografia União e Progresso. Outras, como as tipografias do Jornal da Barca ou a tipografia Commercial de Arcos de Valdevez; a tipografia do jornal Aurora do Lima e a imprensa Moderna ambas de Viana do Castelo.

Dois números referem ainda terem sido impressos no Porto pela Imprensa Civilização, Largo da Pocinha, 77 e pela

Litografia Portuguesa, também portuense.

Âmbito e conteúdo

Título: O Phantasma (1892-1901)

Responsabilidade: proprietário e ilustrador Alfredo Mancio; editor Abílio de Abreu Malheiro (1894-1895); editor Alfredo A. B. Botelho (1901)

Publicação: Porto: Imprensa Civilização, 1892; Ponte de Lima: Typ. do "Lima", 1892-1894; Ponte de Lima: Typ. União, 1892; Arcos de Valdevez: Typ. Commercial, 1892; Ponte da Barca: Typ. do "Jornal da Barca", 1892; Viana do Castelo: Typ. da Aurora do Lima, 1894; Ponte de Lima: Typ. Progresso, 1894-1895; Viana do Castelo: Imprensa Moderna, 1901; Porto: Litografia Portuguesa, 1901.

Periodicidade: Mensal 1892-1894; Quinzenal 1894-1895; Imperiódico 1901

Assuntos: Fundo Local / Ponte de Lima / Portugal / Publicações em série

Existências: 1-21

Procedência: Arquivo Privado Dr. Francisco Maia Castro

Condições de acesso

Comunicável, sem restrições legais - artigo 38º do Código do Direito de Autor e dos Direitos Conexos.

Condições de reprodução

A reprodução de documentos encontra-se sujeita a algumas restrições tendo em conta o tipo dos documentos, o seu estado de conservação, o fim a que se destina a reprodução.

Reprodução sujeita à tabela emolumentar em vigor.

Idioma e escrita

Português

Instrumentos de pesquisa

Catálogo de Jornais do Arquivo Municipal de Ponte de Lima.

Existência e localização de originais

Dr. Francisco Maia Castro.

Notas de publicação

GOMES, Isilda Costa de Barros Amorim – Alfredo Mâncio: caricaturista de mérito: editor de vários jornais humorísticos. In ABREU, João Gomes de (coord.) – Figuras Limianas. Ponte de Lima: Município de Ponte de Lima, 2008. ISBN 978-972-8846-15-2. p. 301-302.
LEMOS, Miguel Roque dos Reis – Anais Municipais de Ponte de Lima. Ponte de Lima: Rotary Clube de Ponte de Lima, 2003. ISBN 972-9051-18-6.p 163.
LOUREIRO, José Carlos de Magalhães - Discípulos limianos de Rafael Bordalo Pinheiro. O Anunciador das Feiras Novas. Ponte de Lima: Associação Empresarial de Ponte de Lima. Nº16 (1999), p. 85 a 94.
MORAIS, Adelino Tito de – Publicações periódicas de Ponte de Lima: resenha cronológica do século XIX (1865-1899). Porto: Universidade Fernando Pessoa, 1996, p. 25.